Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Não há combate eficiente à lavagem de dinheiro, diz Thomaz Bastos

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, disse hoje que não existe no Brasil uma instituição que combata com eficiência a lavagem de dinheiro. Segundo o ministro, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), que é o órgão responsável por este trabalho, "tem um posição absolutamente estática". "Hoje, com uma ou outra exceção, não se recupera dinheiro de origem ilícita no Brasil, a não ser em casos isolados". Thomaz Bastos anunciou a reestruturação do Coaf. A primeira medida será criação de um cadastro único de correntistas, além da criação de varas específicas para os julgamentos de crimes de lavagem de dinheiro. Durante o XV Fórum Nacional, que se realiza hoje na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Thomaz Bastos disse que o sistema penitenciário é "trágico" e defendeu a adoção de penas alternativas.

Agencia Estado,

22 de maio de 2003 | 12h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.