Não há data para novo reajuste da gasolina; Petrobras decidirá

O secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Mauricio Tolmasquim, destacou, na manhã desta sexta-feira, que "não existe nova previsão de aumento nos preços da gasolina". O comentário do secretário foi em resposta aos jornalistas que o questionaram sobre a possibilidade aventada ontem pelo ministro da Fazenda, Antonio Palocci, de a Petrobrás anunciar um novo reajuste dos combustíveis em curto prazo.Apesar da afirmação, Tolmasquim ressaltou que "a decisão é única e exclusiva da Petrobras". Segundo ele, "a Petrobrás vem analisando fatores externos e acompanha atentamente o mercado para tomar qualquer decisão". Questionado sobre a existência de um novo patamar de preços no barril do petróleo, o secretário argumentou que, apesar de haver uma sinalização sobre uma nova média de cotação do produto, ainda há muita especulação e não há definição sobre qual valor seria este.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.