Não há demanda da Petrobrás para aumento da gasolina, garante Mantega

Ministro garantiu que a estatal não tem nenhuma dificuldade de caixa

Eduardo Rodrigues, da Agência Estado,

21 de novembro de 2012 | 16h05

BRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta quarta-feira, 21, que não existe demanda por parte da Petrobrás para o aumento dos preços dos combustíveis neste momento. Ao chegar ao Ministério da Fazenda, após almoço com a presidente Dilma Rousseff, Mantega garantiu que a estatal não tem nenhuma dificuldade de caixa. "Conheço a fundo o caixa da Petrobrás. É o maior caixa das empresas brasileiras", acrescentou.

O ministro também disse que a companhia não tem dificuldades para realizar os investimentos necessários para a exploração do pré-sal. "A dificuldade que a Petrobrás enfrenta é na entrega de algumas encomendas por parte de fornecedores", afirmou.

Para Mantega, a Petrobrás até gostaria de um reajuste no preço dos combustíveis, mas ele ressaltou que uma "atualização" ocorrerá no momento certo. "Temos que ficar felizes que o custo do combustível não está crescendo", concluiu o ministro.

Tudo o que sabemos sobre:
MantegaPetrobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.