Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Não há motivo para falta de gás de cozinha, diz ANP

O diretor da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Luiz Augusto Horta, garantiu hoje que não há motivos para falta de gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha, no mercado. "Os fatos noticiados nos últimos dias devem refletir apenas um problema pontual. Não há dificuldades de oferta deste produto", afirmou. Horta disse que a ANP revogou a intervenção no mercado de GLP porque os dois fatores que a motivaram - alta do petróleo e do dólar - estão em tendência de baixa. "O comportamento desses dois fatores sinalizava que era hora de retrair", explicou.A ANP publicou na edição de ontem do Diário Oficial um despacho revogando a intervenção. Na sexta-feira passada, a Petrobras já havia anunciado um aumento de 22,8% no preço do botijão. Segundo Horta, o governo tem um compromisso de entregar ao próximo presidente o mercado de combustíveis em situação de "regularidade", sem intervenção nos preços.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.