Não há motivo para não se fechar acordo sobre a Grécia na 2ª, diz UE

Para Olli Rehn, está na hora dos parceiros internacionais da Grécia honrarem sua parte do acordo

Sergio Caldas, da Agência Estado,

22 de novembro de 2012 | 13h46

BRUXELAS - O comissário de economia da União Europeia, Olli Rehn, disse hoje que não há motivo para que não seja fechado um acordo sobre a Grécia na segunda-feira, quando ministros de Finanças da zona do euro voltarão a se reunir para discutir o assunto.

Em comentários feitos no Parlamento europeu, Rehn disse que a Grécia adotou as medidas fiscais e de reforma estrutural com as quais se comprometeu e que está na hora de seus parceiros internacionais "honrarem sua parte do acordo".

"Estou confiante de que todos irão se reunir em Bruxelas na segunda-feira com o necessário espírito construtivo", disse Rehn.

Se um acordo for de fato fechado, a Grécia poderá receber empréstimos de até 44 bilhões de euros da zona do euro e do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Na última terça-feira, autoridades europeias não conseguiram chegar a um entendimento sobre a Grécia e resolveram adiar a discussão para a próxima segunda. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
greciaueacordo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.