Não há nada definitivo sobre alterações no IR, diz Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta quinta-feira, 28, que ainda não há nada definitivo sobre alterações nas alíquotas do Imposto de Renda da Pessoa Física. Segundo ele, os estudos estão em andamento e o governo pretende desonerar este imposto. Mantega afirmou que o governo quer, no âmbito da reforma tributária, apresentada há pouco ao presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, desonerar os produtos da cesta básica que ainda não tiveram redução de impostos, como o óleo de soja e o pãozinho.  Ele não mencionou quais impostos que seriam retirados sobre esses tributos. Disse apenas que serão tributos federais. O ministro afirmou ainda que espera ganhar o apoio dos Estados à proposta por conta do fundo de desenvolvimento regional, que vai compensar a prática de concessão de benefícios para investimentos, conhecida como guerra fiscal. "A União não vai ganhar nada. Nós vamos, inclusive, bancar uma parte da reforma", afirmou.

Fabio Graner, de O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2008 | 11h36

Tudo o que sabemos sobre:
Imposto de Renda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.