Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Não há previsão de aumento no curto prazo, diz Petrobras

A presidente da Petrobras, Graça Foster, disse nesta quarta-feira, 18, que não há no curto prazo nenhuma previsão de aumento dos preços dos combustíveis. "O tempo todo estamos olhando o caixa da companhia e é um trabalho diário e constante o acompanhamento dos preços internacionais e nacionais", disse a executiva. Segundo ela, a Petrobras sempre busca a melhor equação econômica para a sua atividade, mas no momento não há previsão de reajuste.

EDUARDO RODRIGUES, Agencia Estado

18 de setembro de 2013 | 13h25

Tudo o que sabemos sobre:
combustíveisaumentoPetrobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.