Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Não haverá emissão soberana em 2004, diz secretário do Tesouro

O secretário adjunto do Tesouro Nacional, José Antonio Gragnani, disse hoje que não haverá mais nenhuma emissão de títulos do Tesouro Nacional no mercado internacional em 2004. "Agora é só papai Noel", disse Gragnani. Nos últimos meses, o Tesouro Nacional fez duas captações no valor de US$ 1,5 bilhão, que serão usados como pré-financiamento para o pagamento de compromissos externos que vencerão em 2005. Gragnani também informou que o processo de transição da área da dívida externa do Banco Central para o Tesouro Nacional será encerrado até o dia 31 de dezembro. Hoje, Gragnani já anunciou a indicação de Ricardo Moura para coordenador de dívida externa do Tesouro Nacional. Moura é funcionário de carreira do BC, onde já trabalhava na área de dívida externa e é formado em engenharia, com mestrado em economia. Segundo Gragnani, Moura será o único funcionário da área de dívida externa do BC a ser transferido para o Tesouro Nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.