Não haverá reajuste de tarifas da Copel, diz assessor de Requião

O assessor especial do governador Roberto Requião (PMDB), Benedito Pires, declarou à Agência Estado que não há nenhum plano de reduzir o desconto nas tarifas dos clientes adimplente da Copel. "Acabei de sair do gabinete do governador. Não existe nada disso. É um absurdo uma declaração dessas", disse Pires, referindo-se aos rumores de que o presidente da Copel, Paulo Pimentel, teria declarado, em evento em Madri, que a empresa iria reajustar as tarifas até o final do ano. "Ele nem pode fazer isso. É preciso enviar um comunicado à CVM para anunciar uma coisa dessas", completou o assessor de Requião. Pires confirmou que o governador do Paraná viaja neste fim de semana para Nova York, onde terá um encontro com Pimentel. Os dois participam de café da manhã na segunda-feira com dirigentes da Bolsa de Nova York e depois tocam o sino de abertura do mercado, em comemoração aos 50 anos da Copel. Requião terá almoço com investidores e analistas no Banco de New York e à noite participa de jantar promovido pelo BBVA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.