Não será possível mínimo de R$ 240 na LDO, diz deputado do PT

O deputado do PT Walter Pinheiro (BA), reafirmou que, na discussão que o partido pretende fazer na retomada dos trabalhos parlamentares, está a rediscussão de alguns dos parâmetros incluídos na Lei de Diretrizes Orçamentárias, que servirão para o Orçamento de 2003. Entre esses pontos, disse o deputado, estará uma adequação do salário mínino de R$ 240 que não poderá ser feita dentro da realidade orçamentária do próximo ano. "Nos vamos enfrentar agora um certo bombardeio sobre essa questão, até porque foi o PT quem propôs esse salário de R$ 240. Alguém pode querer utilizar o velho ditado do feitiço virar contra o feiticeiro", afirmou o deputado ao chegar no hotel, onde Lula fará o seu pronunciamento. Pinheiro também disse que nessa agenda legislativa de transição estará incluída a regulamentação do artigo 192 da Constituição, que abre espaço para a autonomia do Banco Central.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.