HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO
HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO

‘NÃO VOTEI PARA ALTERAREM AS REGRAS’

"Quando percebi que o governo estava tentando alterar a aposentadoria, obviamente eu vim procurar o INSS, até para ver o que posso fazer. Não marquei hora. Trabalho como secretária desde os 19 anos, e parei duas vezes quando fiquei grávida dos meus dois filhos. 

Renato Jakitas, O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2016 | 05h00

Silvana Donatti, 57 anos: ‘Trabalho desde os 19’ 

A primeira vez fiquei sem trabalhar um ano e meio e a segunda mais ou menos isso. Eu estava preparada para trabalhar mais três anos até fazer 60, mas o que estão falando de igualar o tempo do homem e o da mulher vai atingir principalmente as mulheres, que vão trabalhar mais cinco anos. Quero ver se dá para fazer alguma coisa para compensar o tempo que fiquei parada e, com essa situação, me aposentar logo.

Sem entrar na questão do impeachment, esse governo que está aí quer modificar a Previdência, reduzir o SUS, eu não consigo aprovar isso. Eu não votei em um governo para modificar a aposentadoria. Ninguém votou numa proposta dessas. Eles foram eleitos e no programa de governo ninguém falava nada disso. E duvido que ganhariam com uma proposta desse tipo na campanha.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.