Napolitano pede manutenção de prazo para orçamento

O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, pediu nesta quarta-feira que os parlamentares do país mantenham o cronograma para a votação da proposta de orçamento para 2013, segundo a agência de notícias Ansa. Em comunicado, Napolitano afirmou que é "do interesse do país" que "a campanha eleitoral não se prolongue excessivamente".

SERGIO CALDAS, Agencia Estado

19 de dezembro de 2012 | 10h49

O comunicado veio após o partido Povo da Liberdade (PdL, na sigla em italiano), do ex-premiê Silvio Berlusconi, pedir que a votação seja adiada em uma ou duas semanas. A expectativa inicial era que o Parlamento votasse o assunto ainda nesta semana.

Mais cedo, o primeiro-ministro Mario Monti cancelou a coletiva de imprensa de fim de ano marcada para sexta-feira, gerando especulação de que talvez haja atraso na aprovação do orçamento para o ano que vem. A nova data da coletiva ainda não foi anunciada.

Tudo o que sabemos sobre:
Itáliapolíticaorçamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.