finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Nasdaq avalia contraproposta por NYSE em meio à consolidação

A Nasdaq OMX pode lançar uma oferta de compra pela NYSE Euronext, alvo de aquisição da Deutsche Boerse, para não ficar à margem da consolidação global entre operadoras de bolsas de valores.

PARITOSH BANSAL E JONATHAN S, REUTERS

23 de fevereiro de 2011 | 16h23

Essa é uma das opções que a Nasdaq, com valor de mercado de 5,7 bilhões de dólares, está considerando em meio à onda de fusões e aquisições na indústria, que enfrenta intensa pressão de custos por novos entrantes como a Bats Global Markets, que na semana passada comprou a rival Chi-X.

Outras alternativas para a Nasdaq incluem uma aliança com a IntercontinentalExchange ou com a Chicago Mercantile Exchange (CME), disse uma fonte a par do assunto.

Enquanto isso, o TMX Group --operador da bolsa de Toronto-- está se esforçando para viabilizar sua união com a London Stock Exchange (LSE), alertando legisladores canadenses que a oposição ao negócio pode ser prejudicial às credenciais de livre comércio do país.

Fora do Canadá, as atenções se concentram na anunciada fusão entre a Deutsche Boerse e a NYSE Euronext, e não no acordo da LSE com o TMX.

As ações da Deutsche Boerse recuaram 2,6 por cento nesta quarta-feira, com operadores afirmando que os papéis da bolsa alemã estão sob pressão desde o anúncio do acordo com a NYSE.

SEM NOVIDADES NA ÁSIA

O continente asiático corre o risco de ficar para trás na consolidação de operadoras de bolsa devido ao sistema regulatório mais duro e protecionismo de alguns governos.

O regulador do mercado de capitais na Tailândia disse que a maioria das bolsas do sudeste da Ásia está muito distante de envolvimento em uma consolidação global.

Bolsas na Malásia, nas Filipinas, em Cingapura, no Vietnã, na Indonésia e na Tailândia estão estabelecendo ligações de transações eletrônicas entre os mercados e eventualmente podem permitir dupla listagem das companhias abertas em suas praças.

Tudo o que sabemos sobre:
MERCADOSNASDAQNYSE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.