Nasdaq lança 1º grupo de fundos de ADRs

O mercado eletrônico Nasdaq lançou ontem seu primeiro grupo de fundos de ADRs listado em bolsa. O novo grupo, chamado BLDRS (ou boulders, na pronúncia em inglês), é composto por quatro fundos. Um deles, o BLDRS Emerging Market 50 ADR Index Fund, tem entre seus 50 componentes os papéis de nove empresas brasileiras, cuja capitalização de mercado estimada em US$ 21,4 bilhões confere ao País o maior peso percentual (12,29%) no fundo.Petrobrás, Companhia Vale do Rio Doce, AmBev, Banco Itaú, Telemar, Bradesco, Embraer, Brasil Telecom Participações e Unibanco são as representantes brasileiras neste fundo de mercados emergentes, que como os demais fundos de ADRs lançados hoje seguem os índices elaborados pelo Bank of New York.Joseph M. Velli, vice-presidente executivo sênior do Bank of New York, afirmou que o banco, como o maior depositário de ADRs do mundo, acredita que os novos fundos vão dar maior visibilidade aos ADRs e facilitar os investimentos nos papéis de empresas não norte-americanas. Além do fundo de ADRs para mercados emergentes, os outros três fundos lançados são o Developed Markets 100 ADR Index Fund, o Europe 100 ADR Index Fund e o Asia 50 ADR Index Fund.Estes instrumentos financeiros são cestas de ações semelhantes aos fundos mútuos baseados em índices, exceto pelo fato de que são negociados como se fossem ações individuais. O lançamento marca a intenção do Nasdaq de desempenhar um papel maior no mercado de fundos negociados em bolsa. As informações são da agência Dow Jones e do Bank of New York.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.