Natura investe na ecologia e no mercado francês

A Natura decidiu brigar no maior mercado mundial de perfumes, a França, com produtos genuinamente brasileiros. A empresa está finalizando os preparativos para instalar, em Paris, a sua primeira loja na Europa, no próximo ano. O vice-presidente de Negócios da Natura, Alessandro Carlucci, diz que a loja terá como foco os produtos que têm a ver com a diversidade da flora brasileira e que são coletados de forma ecologicamente correta. Segundo Carlucci, a linha Ekos, que a empresa já oferece nos Free Shopps de saída do País, será o carro-chefe dessa investida no mercado europeu. Hoje, a Natura já está presente, por meio de venda direta, na Argentina, Peru, Chile e Bolívia. A empresa encerrou o balanço do ano passado com faturamento de R$ 1,9 bilhão, ante R$ 1,6 bilhão de 2001; a empresa sempre priorizou a venda direta e conta hoje com 300 mil consultoras ? um salto em relação aos 120 mil em 2001 ? oferecendo seus produtos no chamado porta-a-porta. Com investimento de R$ 2,5 milhões no desenvolvimento do Perfume do Brasil, produto que está em fase de lançamento, a empresa espera conquistar ainda mais os olfatos de estrangeiros. O perfume que chega aos brasileiros com o preço sugerido de R$ 138,00 é uma das iniciativas da empresa nessa aposta na internacionalização e no reforço, nas vendas internas, da linha Ekos. Carlucci contsa que a Natura está disposta a investir, no total, R$ 6 milhões este ano no Perfume do Brasil e na Água de Banho, ambos desenvolvidos com essências de Breu Branco e Cumaru, produtos usados por populações indígenas da Amazônia e que, pela primeira vez, darão sustentação a um perfume tipicamente brasileiro. O projeto de desenvolvimento ficou a cargo da multinacional de essências IFF, mas toda a compra do Breu Branco e do Camuru está em poder da Natura, que negociou com produtores para garantir a exclusividade na compra e as condições corretas de colheita daquilo que a essência do primeiro Perfume do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.