Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Navegação segmentada: a aposta

Além das ótimas paradas de sempre, esses roteiros diferenciados[br]reinventam o conceito de entretenimento a bordo

O Estadao de S.Paulo

21 de agosto de 2008 | 00h00

Dança, gastronomia, moda, atividade física, diversidade sexual. Os cruzeiros temáticos se tornaram uma sensação em alto-mar. De olho na boa receptividade do público, as companhias têm percebido que, quanto mais segmentado, melhor. Há 15 anos investindo nesse filão, a Costa Cruzeiros comemora o sucesso de seu Cruzeiro Fitness, que foi totalmente repaginado para a temporada 2008/2009. Para marcar a nova fase, o cruzeiro foi rebatizado como Fitness New Era, com uma programação que vai além das antigas e nada atrativas aulas de aeróbica: inclui atividades de circo, luta e corrida. Não bastasse tudo isso, ainda há um luau comandado pela cantora Dora Vergueiro, adepta declarada de esportes radicais. "A Costa lançou os cruzeiros temáticos no Brasil e o Fitness é sucesso até hoje", diz Francisco Ancona, coordenador das equipes de entretenimento a bordo e consultor de Marketing da empresa. O navio parte de Santos, em 28 de fevereiro, e do Rio, no dia 1º de março, passa por Salvador e Ilhabela, e retorna dias 6 e 7 de março, respectivamente, aos portos de origem. ATÉ CANSARA cada temporada, a companhia italiana lança ao mar seis cruzeiros temáticos. Há também Bem-Estar, Dançando a Bordo, Prata All? Italiana, Tango e Milonga e Prata Gourmet. Na prática, são cruzeiros que oferecem tudo que um tour normal tem - e cerca de 120 atividades extras. Um outro nicho é cada vez mais cobiçado: o mercado GLS. Pensando nesse público - que, de acordo com pesquisas de mercado, tem bom poder aquisitivo e investe em lazer -, a Island Cruises oferece o Freedom On Board. Pela primeira vez levando as cores do arco-íris pelo litoral brasileiro, o cruzeiro promete ser uma Parada Gay mais chique - e flutuante. DJs nacionais e internacionais, como o nova-iorquino Eric Cullenberg, cuidarão da trilha sonora. O navio sai do porto de Santos em 6 de fevereiro e retorna no dia 9, com direito a uma parada em Florianópolis. Em dois meses, metade das cabines já foi vendida. "Hoje, a procura por esse tipo de serviço é grande e o público não está sendo atendido pelo mercado como poderia", comenta Ricardo Amaral, diretor de Marketing da Sun & Sea, empresa que representa com exclusividade no Brasil a Royal Caribbean, Celebrity Cruises e Island Cruises. Já a MSC Cruzeiros volta para mais uma temporada brasileira com oito cruzeiros temáticos. Alguns já são velhos conhecidos dos passageiros, como o Baila Comigo. Outros são mais recentes, como o Qualidade de Vida, e há ainda os inéditos, como o 1º Brazil Fashion Cruise (BFC). TOP MARÍTIMAO BFC será primeiro evento de moda a bordo no Brasil. O projeto entra no calendário do navio MSC Musica, com uma programação que inclui, além de moda, música e arte.Enquanto cumprem a rota Santos-Búzios-Salvador-Maceió-Ilhéus-Santos, os hóspedes conferem os desfiles das marcas Juliana Jabour, Thaís Gusmão, Triya, Lê Íris e Samuel Cirnansck. Durante a "semana de moda", será realizado ainda um concurso para escolha da nova top da badalada agência Ten Model Management. Organizado e realizado pela Dreamakers, o cruzeiro fashion contará ainda com a participação da equipe do salão de beleza Jacques Janine, DJs nacionais e internacionais da agência Smartbiz, além de uma exposição de Live Painting (técnica de pintura ao vivo), apresentada pelo grupo Baglione. "Queremos realmente que todos interajam com o evento", diz a coordenadora do projeto, Carla Kiyokawa. "O princípio dos cruzeiros temáticos é que o passageiro se sinta à vontade dentro de um grupo com interesses específicos", ressalta. Deve ser por isso que eles fazem tanto sucesso e estão dando tão certo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.