Navegue pelos leilões virtuais

Verdadeira febre nos EUA, os sites de leilão estão ganhando espaço entre consumidores e empresas brasileiras, ampliando o leque de ofertas e produtos juntamente com as lojas online. Por aqui, já são cerca de 10 sites, a maioria criada em 1999, e seguem o sucesso do e-Bay, site pioneiro de leilões online, lançado em 1995 e que hoje possui mais de 7 milhões de usuários.A possibilidade de dar lances virtuais está atraindo pessoas que nunca se interessaram por leilões. Eles funcionam como intermediários entre vendedores e compradores. Os produtos são os mais diferentes possíveis. Estes sites vendem deste fraldas de bebê até carros importados zero quilômetro. O seu mouse pode se transformar no martelo.MercadoLivre, Arremate, Lokau, Mercado21, Valeu, Ibazar (veja nos links abaixo) são os principais sites de leilão e dominam o mercado brasileiro. Espelhos do consagrado site norte-americano Ebay. A inscrição nestes sites é gratuita. Para oferecer ou comprar produtos nos leilões virtuais, a pessoa precisa escolher um nome pelo qual será conhecido e uma senha.Quem deseja vender um produto seleciona a categoria na qual ele será exposto e o preço mínimo pelo qual está disposto a vendê-lo, além de descrever o produto e a forma de pagamento. Os interessados fazem seus lances como num leilão comum. Encerrado o prazo, vence aquele que tiver dado o maior lance.O site, então, envia um e-mail para o comprador informando o e-mail do vendedor e vice-versa, para que eles possam entrar em contato e estabelecer o meio de entrega. Pelos serviços prestados, os principais sites estão cobrando taxas que variarão entre 0,75% e 7% do valor de venda, cobrados do vendedor.Variedade e facilidade são pontos positivos, confiança é ponto negativoOs sites de leilão classificam seus compradores e vendedores com pontos, conforme o grau de satisfação obtido nas transações. Se o comprador ficou satisfeito, dá um ponto positivo para o vendedor. Se a mercadoria não era bem a prometida ou o prazo foi desrespeitado, o ponto é negativo. Através da confiabilidade da comunidade de usuários as empresas de comércio eletrônico no Brasil e no mundo tentam ganhar espaço. Variedade de produtos, ofertas e a facilidade de comprar sem sair de casa são os principais atrativos dos leilões virtuais. Porém, muitos usuários reclamam do período de espera dos leilões. O ideal é colocar um produto com um preço barato no menor tempo possível. Veja em matéria a seguir dicas do Procon para compras em sites de leilão virtual

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.