Negado habeas-corpus a executivos do Nacional

O desembargador federal Henri Chalu Barbosa, vice-presidente do Tribunal Regional Federal do Rio, negou o pedidos de habeas-corpus para o ex-diretor Roberto Severino Duarte, que teve prisão preventiva decretada hoje pela 1ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, junto com outros acusados no processo que apura irregularidades no balanço do banco Nacional.O desembargador entendeu que a prisão preventiva dos acusados foi pedida em razão da magnitude do caso. Barbosa negou ainda todos os habeas-corpus que forem impetrados pelos outros réus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.