Negado recurso da Vale contra restrição à compra de mineradoras

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) negou hoje, por unanimidade, recurso interposto pela Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) contra a decisão tomada pelo Conselho em agosto, de aprovar, com restrições, sete operações de compra de mineradoras efetuadas pela empresa e de determinar o descruzamento de ações entre a CVRD e a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN).No recurso, denominado embargos de declaração, a Vale alegava haver "omissões, contradições e obscuridades" na decisão de agosto. Na tarde de hoje, o plenário analisa igual recurso interposto pela CSN no mesmo julgamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.