Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Neoenergia estuda participar de leilão da Cesp

O diretor financeiro e de Relações com investidores da Neoenergia, Erik Breyer, disse hoje que a empresa está estudando a possibilidade de entrar com parceiros na disputa do leilão para a aquisição da Companhia Energética de São Paulo (Cesp). Em café da manhã com investidores, ele foi indagado sobre a possibilidade de novos investimentos este ano e sobre as perspectivas de compra de ativos."Nosso interesse em entrar num negócio é como operador. Isso inviabiliza por exemplo a participação no leilão da segunda usina do complexo do Rio Madeira, mas nos permite disputar a Cesp e possivelmente a Brasiliana, controladora da Eletropaulo", afirmou. Logo depois do evento, realizado para a divulgação dos resultados da companhia, em entrevista rápida à imprensa, ele admitiu que há "muito gerúndio" na fase atual de negociação. "Estamos avaliando, negociando, estudando, prospectando. Enfim, não temos nada fechado ainda", disse, a respeito do leilão da Cesp. Ainda segundo ele, a possibilidade de formar parcerias para o negócio é "certa". "Estamos ainda vendo isso com mais de um possível parceiro", disse.Breyer lembrou que, no caso da Brasiliana, o processo está ainda mais "lento", já que não há ainda sequer o edital do leilão. No total, disse o executivo, a Neoenergia vai investir este ano R4 1,8 bilhão, sendo R$ 1,2 bilhão em distribuição e R$ 600 milhões em geração. "Estamos atentos a novos projetos de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) e vamos disputar certamente futuros leilões", disse.

KELLY LIMA, Agencia Estado

27 de fevereiro de 2008 | 14h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.