Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Nesta quarta, ônibus circulam com até 70% da frota e cirurgias serão normalizadas

No décimo dia de paralisação, consequência das manifestações começam a arrefecer, mas ainda estão presentes na cidade de São Paulo. Confira o que muda

O Estado de S.Paulo

30 Maio 2018 | 05h00

SÃO PAULO - A paralisação dos caminhoneiros chega ao décimo dia nesta quarta-feira, 30, e a população sente os efeitos do desabastecimento, ainda que nessa terça postos tenham começado a receber mais gasolina e diversos pontos de bloqueio em rodovias do País tenham sido liberados.

+ Greve dos caminhoneiros corta poluição de São Paulo pela metade

Em São Paulo, serviços essenciais seguirão sendo afetados. Confira o impacto em cada área:

Transportes 

A Prefeitura informou que, nesta quarta, o sistema municipal de transporte coletivo deverá operar com a fronta entre 60% e 70%. Nessa terça, a operação pela manhã ocorreu com 67% da frota. As linhas de trólebus operaram com a frota máxima. “Devido às manifestações dos caminhoneiros e diante do estado de emergência decretado na cidade, as empresas operadoras ficam autorizadas a operarem as Linhas Noturnas sob sua responsabilidade, a partir das 0h, com 50% da frota, equivalendo a intervalos dobrados”, informou em nota a administração municipal.

Rodízio

Está suspenso o rodízio de veículos durante toda a semana. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) reforça que os agentes de trânsito foram orientados a não aplicar multas aos motoristas que tiverem pane seca, fazendo apenas a remoção do veículo para um local seguro, onde não prejudique o trânsito.

Saúde

A Secretaria Municipal da Saúde informou que a realização de cirurgias eletivas será normalizada nesta quarta-feira em todas as unidades da Autarquia Hospitalar Municipal. A remoção de pacientes para exames também será restabelecida. Já os exames de rotinas feitos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) não serão realizados. Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-SP) continua realizando abastecimento dos veículos em postos de combustível exclusivos para atendimento da administração municipal, o que tem garantido o atendimento regular da demanda.

Educação

A Secretaria Municipal de Educação disse que as escolas da rede funcionarão nesta quarta. Nessa terça-feira, foi registrada a presença de 91% dos professores e de 52% dos alunos. “Para a merenda escolar, foram feitas escoltas de oito caminhões desde Jacareí e 13 de São Bernardo do Campo até São Paulo. Também foi providenciado combustível para 62 veículos de distribuição de alimentos. Com estes 83 caminhões, foi possível complementar os estoques das escolas com itens não perecíveis, como arroz, macarrão, biscoito e flocos de milho, além de carne, frango e peixe”, disse a Prefeitura. 

Lixo

A coleta de lixo domiciliar opera normalmente. A coleta seletiva segue suspensa, mas a coleta hospitalar, a limpeza pós-feiras livres e o recolhimento de animais mortos estão mantidos, segundo informa a administração municipal.

Serviço funerário

 O serviço segue funcionando normalmente após o reabastecimento dos veículos nos postos disponibilizados pelo Sincopetro. O serviço conta com o estoque de urnas funerárias que garantem o atendimento por 15 dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.