Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Nestlé desaponta com resultados e anuncia recompra de ações

A Nestlé anunciou hoje que suas vendas encolheram 1,4% no ano passado, para 86,77 bilhões de francos suíços (US$ 74 bilhões), desapontando analistas. Além disso, a maior fabricante mundial de bebidas e alimentos anunciou um plano de recompra de ações em um total de 1 bilhão de francos suíços (US$ 861 milhões), que começará na segunda metade do ano.A decisão de recomprar seus papéis tira de vista a possibilidade de que a Nestlé faça grandes aquisições neste ano. A operação já era esperada por alguns analistas, que tinham a expectativa de que a companhia desse algum tipo de benefício a seus acionistas depois das ações terem caído 7,4% no ano passado na Bolsa de Zurique.A Nestlé, uma das poucas companhias do mundo com nota "AAA" pelas agências de classificação de risco de crédito, também afirmou planejar elevar o dividendo pago aos investidores de 16,05 francos para 17,29 francos suíços (US$ 14,88) por ação.O lucro líquido da empresa cresceu 1,08%, para 6,72 bilhões de francos (US$ 5,78 bilhões). A companhia reiterou a expectativa de crescimento para este ano entre 5% e 6%. Nas Américas, as vendas registraram expansão de 7,7% no ano passado, somando 27,78 bilhões de francos suíços (US$ 23,9 bilhões), puxado por ganhos extraordinários de 1 bilhão de francos com sua participação na Loréal. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.