Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

New York Times elogia governo Lula

O jornal The New York Times, em editorial publicado hoje, elogia o governo Lula e salienta a importância de uma boa relação entre Washington e Brasília para o futuro de toda a América Latina. Segundo o diário norte-americano, a economia global pode não estar vivendo hoje um momento positivo, mas "seria muito mais trágico se o Brasil tivesse sofrido uma implosão financeira no ano passado, como muitos temiam". Se o Brasil tivesse declarado a moratória de sua dívida de US$ 250 bilhões, as consequências teriam sido "catastróficas". O NYT observa que o "pânico resultante teria afetado não apenas a América Latina, mas todos os mercados emergentes". O jornal afirma que o fato de o Brasil não estar mais prestes a deflagrar uma crise financeira global "e, ao invés disso, está ajudando a recuperação dos mercados emergentes"- é um "tributo às sólidas políticas promovidas pelo governo de seu presidente de esquerda, Luiz Inácio Lula da Silva, e ao pacote de ajuda de US$ 30 bilhões concedido pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) em setembro passado". Segundo o NYT, esse foi um raro caso de sucesso no qual o FMI evitou um desastre financeiroO diário afirma que desde que assumiu o governo, o presidente Lula vem adotando políticas que têm reforçado as finanças do País, com o real e os títulos registrando forte recuperação, um alívio na carga da dívida e com a inflação começando a ceder.O NYT lembra que alguns integrantes do Partido dos Trabalhadores criticam a ortodoxia econômica do governo e as propostas para reformas poderão causar ainda mais discordâncias. "Mas o presidente, um ex-líder sindical, está certo ao dizer que não conseguirá obter sucesso na implantação de sua ambiciosa agenda de bem estar social de longo prazo a menos que antes a economia esteja em ordem". Segundo o jornal, há muito em jogo do resultado "do esforço de Lula em navegar entre a realidade de curto prazo e suas aspirações maiores não apenas para o Brasil mas também para um crescente número de líderes de centro esquerda que o encaram como um modelo". O NYT observa que o governo dos Estados Unidos parece estar se aproximando de Lula. A primeira viagem interncional do secretário do Tesouro, John Snow, foi ao Brasil no mês passado e Lula visitará a Casa Branca em junho.AlcaO jornal afirma que os dois países estão negociando a Área de Livre Comércio das Américas (Alca), mas que o êxito desse processo é muito incerto. "O Brasil é um dos principais críticos dos subsídios agrícolas indefensáveis nos Estados Unidos e Europa, mas ainda não está disposto em abrir totalmente alguns de seus próprios mercados para a competição estrangeira", disse o jornal, acrescentando que os dois lados precisam oferecer concessões. "Será do interesse geral da América Latina que os governos de Bush e Lula criem uma boa relação de trabalho ao tratarem desses assuntos", concluiu o NYT.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.