News Corp avalia se dividir em duas empresas, diz jornal

O controlador da News Corp, Rupert Murdoch, está avaliando dividir o grupo em duas empresas para separar as áreas de produção editorial e entretenimento, publicou o Wall Street Journal, nesta terça-feira.

REUTERS

26 de junho de 2012 | 08h52

Acionistas têm pressionado há algum tempo por uma separação da divisão editorial que atravessa crescimento mais lento, depois que um escândalo de escutas telefônicas atingiu os jornais britânicos do grupo. O episódio enviou ondas de choque pelo conglomerado e forçou a News Corp a cancelar sua maior aquisição até agora, do grupo de TV paga BSkyB.

Uma decisão final ainda não foi tomada, publicou o jornal que integra o grupo da News Corp, e a família Murdoch não deve perder o controle efetivo de qualquer dos negócios envolvidos se o plano for adiante.

O vice-presidente de operações da News Corp, Chase Carey, afirmou em maio que a administração e o conselho do grupo discutiram uma separação da área editorial depois de pressão de investidores, mas que não tinham qualquer plano para avançar com a ideia naquele momento.

A área de entretenimento tem ativos que geraram receitas de 23,5 bilhões de dólares no ano até junho de 2011 enquanto a divisão editorial produziu receitas de 8,8 bilhões.

(Por Kate Holton)

Tudo o que sabemos sobre:
MIDIAMURDOCHLEGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.