Mario Anzuoni/Reuters-3/6/2009
Mario Anzuoni/Reuters-3/6/2009

Nintendo apresenta o novo Wii em junho

Apesar da liderança de mercado, as vendas do videogame estão em declínio

, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2011 | 00h00

TÓQUIO

A Nintendo, maior fabricante de videogames do mundo, anunciou ontem que apresentará a nova versão do Wii em junho, durante a feira de games E3, em Los Angeles (EUA), e que começará a vendê-lo a partir de 2012. Por enquanto, a empresa japonesa não divulgou detalhes sobre o sucessor do Wii, e mantém o novo console em segredo, mas afirma que tentará recuperar o terreno perdido em 2010.

Em um comunicado, a Nintendo afirma que o "sistema que sucederá o Wii" será lançado no ano que vem, mas antes, durante a E3, ela mostrará um modelo funcional para os usuários e dará detalhes das características.

Desde que foi lançado, em 2006, e até o fim de março, o Wii, vendeu mais de 86 milhões de unidades em todo o mundo, e superou o PlayStation 3, da Sony, e o Xbox 360, da Microsoft. O Wii é a quinta geração de consoles da Nintendo.

Ainda que continue líder no Japão, no ano passado foram vendidas 15 milhões de unidades do Wii, 5 milhões a menos do que no ano anterior.

A queda se refletiu nos resultados anuais da Nintendo. A empresa também anunciou ontem que registrou uma redução de 66% no lucro durante o ano fiscal de 2010 terminado em março, somando 77,621 bilhões de ienes (US$ 945 milhões).

Em fevereiro, o fabricante lançou no Japão seu console portátil Nintendo 3DS, que permite ver imagens tridimensionais sem a necessidade de óculos especiais e que até agora vendeu 3,61 milhões de unidades. O lançamento do 3DS buscava recuperar o terreno perdido do DS e do Wii, dois produtos de sucesso, mas antigos.

A Nintendo previu que seu lucro líquido crescerá 42% nos 12 meses que serão encerrados em março de 2012, somando US$ 1,3 bilhão. O número ficou abaixo das expectativas dos analistas, que projetavam ganho de US$ 1,76 bilhão.

Perspectiva. "A reação do mercado deve ser negativa", disse o analista Yusuke Tsunoda, da Tokai Tokyo Securities Co. "As vendas de jogos para o Wii devem despencar, enquanto que, ao mesmo tempo, a perspectiva da companhia provavelmente também está levando em conta um corte de preço para o console."

Líder do mercado de consoles, a Nintendo também lidera o mercado de jogos portáteis desde 1989, com o Gameboy. Atualmente, a companhia precisa defender sua posição dos avanços do PSP, da Sony, e de smartphones como o iPhone e os aparelhos com software Android, do Google, que têm atraído jogadores com aplicativos de terceiros.

O 3DS, novo portátil da Nintendo, começou a ser vendido nos Estados Unidos, Europa e Japão nos últimos dois meses, por US$ 250. A concorrente Sony planeja lançar uma nova versão do seu portátil PSP no fim do ano. / EFE E BLOOMBERG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.