Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Nissan pretende ampliar operações na China

Montadora japonesa quer transferir tecnologia de veículos elétricos para a joint venture que mantém com a Dongfeng Group

, O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2010 | 00h00

ZHENGZHOU, CHINA

A montadora japonesa Nissan Motor está em conversações com a chinesa Dongfeng Group sobre a transferência de tecnologia de veículos elétricos, tais como a de bateria de íon lítio, para as operações conjuntas das duas empresas na China, disse o executivo-chefe da montadora japonesa, o brasileiro Carlos Ghosn.

Os comentários do executivo ocorrem em um momento em que o governo da China estuda um plano de dez anos para carros elétricos. O plano deve estabelecer regulações sobre como as montadoras estrangeiras poderão transferir tecnologias importantes para a China se elas optarem por fabricar e vender no país carros elétricos e híbridos plug-in (que combinam um motor de combustão interna com um motor elétrico a bateria).

O movimento elevou as preocupações entre os executivos das montadoras estrangeiras. O esboço do plano sugere que o governo poderá forçar os grupos estrangeiros a partilharem suas principais tecnologias, obrigando-as a formar joint ventures com empresas chinesas e limitando suas fatias acionárias.

Participação. O presidente da Nissan Motor também informou que planeja elevar a participação de mercado da sua principal joint venture na China dos atuais 6% para 10%. Segundo Ghosn, o principal desafio é "otimizar e aumentar" sua produção. A Dongfeng Motor abriu ontem uma nova fábrica em Zhengzhou, sua quarta unidade de produção de veículos no país. A nova fábrica foi projetada para produzir 180 mil veículos por ano. / DOW JONES NEWSWIRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.