Nissan prevê que vendas na China em novembro cairão menos

A Nissan, a montadora japonesa mais exposta ao mercado chinês, prevê que as vendas dela no país terão uma queda anual de 25 por cento em novembro, ainda resultado dos protestos contra o Japão por causa da disputa por um arquipélago no mar do Leste.

Reuters

23 de novembro de 2012 | 10h46

A montadora calcula que venderá 45 mil carros aos chineses neste mês, segundo o diretor da joint-venture da japonesa com a Dongfeng.

As vendas da Nissan na China, que respondem por cerca de 27 por cento do total da montadora, tinham caído 35 por cento em setembro e 41 por cento em outubro.

(Por Kazunori Takada)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSNISSANPREVISAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.