Efe
Efe

No embalo da tequila, mescal ganha espaço no mercado mundial

Há séculos circunscrita ao mercado rural e local, bebida faz sucesso e turbina exportações mexicanas

Efe,

27 de maio de 2013 | 17h25

MÉXICO - Por muito tempo denegrida como bebida popular que não merecia apreço dos conhecedores, o mescal vem ganhando espaço no México e no mercado internacional, rivalizando até mesmo com a consagrada tequila, a bebida mais famosa do país.

Ainda considerada com certo receio, a bebida passou nos últimos anos a ser quase que onipresente nos bares e restaurantes da Cidade do México, onde o consumo aumentou 127% entre 2009 e 2012, segundo o Conselho Mexicano Regulador da Qualidade do Mescal.

O bar La Botica, por exemplo, uma mescaleria aberta em 2005 no bairro de La Condesa, já abriu várias filiais dentro e fora da capital, e até uma em Madri, na Espanha. O sucesso do mescal é representativo pois o produto está há séculos circunscrito em grande medida ao âmbito rural e ao consumo local.

Agora, o sucesso do mescal se manifesta de forma mais evidente nas exportações, que estão crescendo a um ritmo de 35% a 40% ao ano. "Na atualidade, de 60% a 65% da produção anual de cerca de um milhão de litros vai para o exterior, principalmente para os Estados Unidos", afirma o gerente de certificação do órgão regulador federal, Ismael Cruz.

Outros países importadores são o Canadá, Guatemala, Reino Unido, Espanha, Itália, Turquia, Japão e Taiwan.

Em todos os mercados, o mescal segue os passos da tequila, tecnicamente uma variedade regional da mesma bebida. Embora parentes, o mescal era visto como 'bebida de pobres'.

As duas bebidas são produzidas a partir da destilação de um vegetal típico chamado Agave. A diferença é que a tequila é extraída a partir do Agave Azul (Agave Tequilana Weber), enquanto o mescal vem de outras espécies e especialmente do espadim (Agave Angustifolia Haw).

Tudo o que sabemos sobre:
mescaltequilaméxico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.