Divulgação
Divulgação

No Natal, ventos das usinas eólicas chegam a gerar 5% da energia do País

A Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica) estima que, até o fim de 2017, cerca de 8,7 mil MW de geração eólica estarão em operação na matriz elétrica brasileira.

André Borges, O Estado de S. Paulo

26 Dezembro 2014 | 19h31


BRASÍLIA - O feriado de Natal registrou um dos maiores índices de geração eólica já contabilizados pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). No dia 25 de dezembro, de cada 100 megawatts (MW) de energia gerados no País, 5 MW foram produzidos pelo vento.

No planejamento diário, o ONS havia projetado uma geração média de 1.832 MW a partir das usinas eólicas. Os bons ventos registrados no feriado, porém, elevaram essa geração para 2.445 MW - o que corresponde a 4,96% dos 49.303 MW produzidos no dia.

Historicamente, a fonte eólica tem respondido por algo entre 2% e 3 % da geração nacional. Os cata-ventos gigantes instalados nas regiões Sul e Nordeste do Brasil tiveram forte crescimento no último ano. Em dezembro de 2013, a geração média registrada pelo ONS foi de 581 MW.

Atualmente, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), há 228 usinas eólicas em operação no País, com capacidade total de geração de 5.660 MW. Outros 131 projetos estão em fase de construção, com potencial de expansão de mais 9.540 MW.

A Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica) estima que, até o fim de 2017, cerca de 8,7 mil MW de geração eólica estarão em operação na matriz elétrica brasileira.

Mais conteúdo sobre:
energia eólicaenergia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.