No primeiro dia de vendas, falta biodiesel no Mato Grosso

Segundo presidente do Sindicom, distribuidoras não acham produto; há estoque para 10 dias em outros Estados

Alberto Komatsu e Nicola Pamplona,

02 de janeiro de 2008 | 19h44

No primeiro dia útil de vendas de biodiesel no País, as distribuidoras de combustíveis não encontraram o produto em Mato Grosso nesta quarta-feira, 2, relata o vice-presidente executivo do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes (Sindicom), Alísio Vaz. De acordo com ele, a Petrobrás já foi avisada e deve tomar alguma providência. Nas demais regiões do País, Vaz conta que há estoque de biodiesel suficiente para 10 dias. O executivo lembra que neste início de vendas do combustível, há uma espécie de triangulação: a Petrobrás compra o biodiesel e as distribuidoras vão buscá-lo diretamente na unidade produtora. "Não é histeria. Não quero fazer alarde. Pode ter sido um problema operacional no primeiro dia", afirma Vaz, referindo-se à falta de biodiesel no Mato Grosso. O vice-presidente do Sindicom considerou positiva a intermediação da Petrobrás neste início de vendas do biodiesel, já que ainda falta experiência às distribuidoras. No futuro, ele prevê que as negociações serão realizadas diretamente entre as distribuidoras e as unidades produtoras. Na avaliação da Agência Nacional do Petróleo (ANP), não houve problemas durante o primeiro dia útil de vendas do biodiesel. "Autorizamos as distribuidoras a antecipar as entregas para que os postos já tivessem estoques", afirmou o superintendente de abastecimento da agência, Edson Silva. Segundo ele, Petrobrás e Refap, os dois produtores brasileiros de diesel, têm biodiesel para abastecer o mercado durante todo o primeiro semestre, além de um estoque estratégico de 100 milhões de litros para garantir as entregas caso algum produtor deixe de entregar os volumes comprometidos. A ANP constituiu uma sala de monitoramento do mercado de biodiesel, que conta com os produtores de diesel e de biodiesel, além de distribuidores e revendedores de combustível. Segundo Silva, um novo leilão para obter volumes para o segundo semestre deve ser realizado em março.N

Mais conteúdo sobre:
biodiesel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.