No total, Brasil emprestará US$ 14,5 bi ao FMI

Além dos US$ 10 bilhões que o governo brasileiro anunciou hoje que vai repassar ao Fundo Monetário Internacional (FMI) por meio da aquisição de bônus da instituição, o Brasil ainda deve colocar outros US$ 4,5 bilhões no Fundo, recursos com os quais o Brasil se comprometeu na reunião de abril do G-20 (grupo que reúne as 20 maiores economias do mundo, representadas por 19 países e pela União Europeia).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.