Noble investirá US$ 50 mi em usina na Argentina

Projeto, que inclui uma usina de geração de energia, ficará perto do complexo portuário da companhia e da unidade de processamento de oleaginosas ao longo do rio Panamá

Gabriela Mello, da Agência Estado,

24 de junho de 2011 | 08h56

A Noble Argentina investirá US$ 50 milhões na construção de uma fábrica de biodiesel na província de Santa Fé, informou o governo em um comunicado divulgado na noite de quarta-feira.

O projeto, que inclui uma usina de geração de energia, estará localizado perto do complexo portuário da companhia e da unidade de processamento de oleaginosas ao longo do rio Panamá, ao norte da cidade de Rosário.

A Noble planeja usar o biodiesel para reduzir ou substituir o uso de gás natural ou óleo combustível necessários para o funcionamento das instalações de moagem, cuja capacidade de produção diária é de quase 10 mil toneladas de óleo e farelo de soja.

Desde 2005, a empresa investiu US$ 250 milhões na Argentina, segundo o comunicado, que foi divulgado em um site administrado pela presidência da Argentina. A Noble Argentina é uma subsidiária do Noble Group Ltd., que tem sede em Hong Kong e é uma das maiores tradings de commodities do mundo. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.