Nomeação de Yellen pode ser em 14 de novembro

O Comitê Bancário do Senado dos Estados Unidos está considerando nomear Janet Yellen como nova presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) em 14 de novembro, disse um assessor do Senado nesta segunda-feira.

AE, Agencia Estado

28 de outubro de 2013 | 21h33

A escolhida pelo presidente norte-americano, Barack Obama, para substituir o atual presidente do Fed, Ben Bernanke, a partir de janeiro, é atualmente vice-presidente do banco central norte-americano.

Yellen deve se reunir com membros do ComitÊ nesta semana e na próxima. Após a nomeação, ela enfrentou poucas críticas diretas dos parlamentares, embora alguns republicanos tenham criticado o atual programa de compra mensal de compra de ativos do Fed para estimular a economia do país.

Na semana passada, o senador republicano Rand Paul disse que iria se opor a nomeação de Yellen se o seu projeto sobre transparência no banco central norte-americano não for à votação.

No início de outubro, o presidente norte-americano anunciou a nomeação de Yellen para comandar o banco central. A nomeação, porém, está sujeita à confirmação do Senado e será avaliada e votada primeiramente pelo Comitê Bancário da Casa.

Se a nomeação for confirmada, Yellen será a primeira mulher a presidir o banco central americano em seus 100 anos de história. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
euasenadoyellenfed

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.