carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Norte-americana El Paso procura gás natural no Brasil

A companhia energética norte-americana El Paso vai apostar na procura por gás natural no País para consolidar a integração de seus negócios na área de energia. A empresa inicia nos próximos meses o que considera a segunda fase de sua expansão no mercado brasileiro, com a perfuração de poços exploratórios em blocos arrematados nas licitações da Agência Nacional do Petróleo (ANP). "Seremos uma das empresas mais ativas na área de exploração e produção de petróleo nos próximos meses", diz o vice-presidente comervial e de desenvolvimento de negócios, Eduardo Karrer.Hoje, a companhia convocou a imprensa para reforçar seu interesse no mercado brasileiro, abalado por notícias truncadas vindas da matriz no Texas. Há na empresa o receio de que a situação da El Paso americana leve os brasileiros a prever uma redução dos investimentos da empresa no Brasil. Até agora, a El Paso já colocou US$ 1,5 bilhão no País, principalmente em térmicas. "Estamos concluindo todos os projetos em que nos comprometemos", disse o executivo.Há algumas usinas que estão temporariamente suspensas, admite Karrer, mas apenas enquanto não há definições sobre o modelo regulatório que será adotado pelo setor. "O novo governo tem um mérito importantíssimo, que é pensar em um planejamento de longo prazo", avalia o executivo. Para ele, é necessária uma política para o gás natural, que incentive o uso industrial do produto e viabilize a geração térmica a gás.A El Paso chegou ao Brasil com o objetivo de atuar em um incipiente mercado de comercialização de energia, que se iniciava com o Mercado Atacadista de Energia e tinha boas perspectivas com o racionamento. Chegou a montar uma moderna mesa de operações em sua sede, no Rio, para atuar no mercado futuro. Este plano foi abaixo, admite Karrer. "Descobrimos que o mercado de energia no Brasil não é financeiro, é físico. Portanto, vamos ter que atuar no mercado físico", disse.

Agencia Estado,

13 de novembro de 2002 | 17h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.