Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Nos EUA, ministra defende parcerias para petróleo e gás

A ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff, defendeu hoje, em Houston, no Texas (EUA), a formação de parcerias entre empresas nacionais e do exterior nas atividades de exploração e produção de petróleo e gás. "Para nós, este tipo de parceria é estratégica para que o País se torne auto-suficiente", disse a ministra durante a abertura do painel sobre o Brasil na Offshore Tecnology Conference, encontro mundial que discute temas relacionados ao petróleo e ao gás.Dilma destacou também o incentivo ao desenvolvimento da indústria nacional no setor. "A missão institucional do governo Lula é desenvolver a indústria nacional, criar empregos e gerar renda. Para isso, pretendemos atrair novos investidores e incentivar a formação de parcerias fortes?, disse.Segundo o ministério, Dilma detalhou as medidas de incentivo à indústria nacional adotadas no edital das plataformas P-51 e P-52 e para quinta rodada de licitação para exploração e produção de petróleo, que introduziram a obrigatoriedade de conteúdo nacional mínimo para participação na concorrência.

Agencia Estado,

05 de maio de 2003 | 19h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.