Nossa Caixa corta juros de 24 linhas de crédito

A Nossa Caixa divulgou comunicado hoje informando que decidiu cortar os juros em 24 linhas de crédito para pessoas físicas e jurídicas. As novas taxas passam a valer a partir de hoje. Segundo a Nossa Caixa, essa é a quarta redução de taxas desde o começo de junho. O cheque especial passa de 8,65% para 8,40% ao mês, e o crédito pessoal sem desconto em folha e prazo de até 12 meses foi reduzido de 4,55% para 4,35% ao mês. "É uma política da Nossa Caixa oferecer boas condições de negócios para nossos clientes", diz o presidente do banco, Valdery Albuquerque, no comunicado de hoje. "Daí a decisão de cortar, mais uma vez, as nossas taxas, que estão entre as mais competitivas do mercado", completa. O desconto de cheques e duplicatas para pequenas empresas teve a sua taxa reduzida de 3% para 2,8%. O cheque especial para os funcionários públicos teve taxa cortada de 6,85% ao mês para 6,65%. "Todos os nossos principais públicos foram contemplados com o corte de juros, pois entendemos que a Nossa Caixa é parceira de seus clientes, das pequenas empresas e dos funcionários públicos", afirma o diretor de finanças da instituição, Rubens Sardenberg, na nota distribuída hoje. A Nossa Caixa destaca ainda no comunicado que lançou recentemente a linha de financiamentos habitacionais com recursos do FGTS e a Poupança Premiada. De acordo com a nota, as agências da Nossa Caixa já receberam cerca de 12.000 consultas sobre a linha de crédito habitacional. A instituição prepara novos lançamentos, como empréstimos com recursos do BNDES para os setores do agronegócio, turismo, exportação e investimento; cartão de crédito; seguros; previdência; e loterias.

Agencia Estado,

03 de setembro de 2003 | 10h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.