Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Nossa Caixa reduz juros dos financiamentos imobiliários

Segundo nota, taxas estão agora em linha com as praticadas pelo controlador da instituição, o Banco do Brasil

Agência Estado,

26 de maio de 2009 | 16h02

A Nossa Caixa reduziu de 11% para 8,9% ao ano a taxa mínima pós-fixada para financiamento de compra e construção de imóveis residenciais enquadrados no Sistema Financeiro da Habitação (SFH), para unidades com valor até R$ 120 mil. Na faixa de R$ 120 mil a R$ 500 mil, a taxa passou de 11,5% para 10% ao ano. Servidores públicos pagam 8,9% por qualquer imóvel que custe até R$ 500 mil. O prazo de pagamento é de 25 anos.

 

No plano prefixado, a taxa cobrada atualmente é de 12,835% ao ano, para clientes e servidores públicos. O prazo é de até 20 anos. O banco reduziu também os juros cobrados nos financiamentos com taxa de mercado, para imóveis acima de R$ 500 mil e reformas. No plano com reajuste, os juros caíram de 12,50% para 12% ao ano e, no plano prefixado, passaram de 16% para 15,08%. O prazo é de até 20 anos.

 

Em nota, a Nossa Caixa informou que suas taxas de crédito imobiliário estão agora entre as menores do mercado, semelhantes às praticadas pelo seu controlador, o Banco do Brasil. A Nossa Caixa espera elevar em 25% a concessão de crédito imobiliário para pessoas físicas em 2009, para R$ 450 milhões.

 

Em todos os casos, o limite máximo de financiamento é de 80% do valor de avaliação do imóvel para clientes, e 90% para servidores públicos.

Tudo o que sabemos sobre:
bancosjuroscréditoNossa Caixa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.