Nossa Caixa tem R$ 100 mi do FGTS para financiar construção

O presidente da Nossa Caixa, Valdery Albuquerque, anunciou hoje que a instituição financeira conseguiu recursos da ordem de R$ 100 milhões, provenientes do Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço (FGTS), para financiar construção, reforma ou aquisição de imóveis usados em São Paulo. A taxa para o cliente, segundo Albuquerque, será equivalente à variação da Taxa Referencial (TR) mais juros de 6% ao ano.De acordo com o presidente da Nossa Caixa, outros R$ 237 milhões foram conseguidos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), para financiar setores como o agronegócio, turismo, exportação e modernização de empresas. Albuquerque reiterou que faz parte da estratégia da Nossa Caixa praticar taxas de juros e tarifas mais baixas do mercado. Em tempos de pressão do governo federal para que as instituições reduzam o spread bancário (diferença entre a taxa de captação de recursos junto aos investidores e os juros cobrados nos empréstimos), o presidente da Nossa Caixa garantiu que o banco está atento à possibilidade de vir a reduzir as taxas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.