Nova missão do FMI chega hoje a Buenos Aires

Uma nova missão técnica do Fundo Monetário Internacional desembarcará hoje em Buenos Aires para trabalhar na reestruturação do sistema financeiro e prestar assessoria ao governo em seu programa monetário. Desta vez , a missão com oito técnicos virá acompanhada por enviados do Banco Mundial. A missão se reunirá, separadamente, com o ministro de Economia, Roberto Lavagna, e com o presidente do Banco Central, Aldo Pignanelli. Após inúmeros adiamentos das datas previstas para a conclusão das negociações do acordo com o organismo, o secretário de Fazenda, Jorge Sarghini, acredita que depois de acertado os detalhes do programa monetário e e do plano de reestruturação financeira, o acordo, finalmente, poderá ser fechado em agosto. Os experts nestes dois temas também examinarão a política fiscal do governo de Eduardo Duhalde.A Argentina tenta com este acordo destravar o desembolso de U$S 9 bilhões comprometidos no ano passado e que foram bloqueados devido ao descumprimento das metas fiscais no último trimestre de 2001. Além disso, o governo espera criar acesso à outros créditos com os demais organismos multilaterais.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.