Nova plataforma de investimentos estreia nesta segunda

Com o E-Investidor, Estadão amplia cobertura de finanças pessoais e investimentos. Projeto tem parceria com a Ágora

Thiago Lasco, O Estado de S. Paulo

22 de março de 2020 | 05h00

A informação é o bem mais valioso para gerar conhecimento e guiar as melhores decisões financeiras. Máxima reforçada em um momento de mercados extremamente voláteis e economia instável por causa da pandemia de coronavírus. É neste cenário que estreia nesta segunda, 23, o E-Investidor, site que passa a concentrar a cobertura do Estadão de finanças e investimentos com foco em pessoa física, com patrocínio da Ágora Investimentos.

“O Grupo Estado e o grupo Bradesco (do qual a Ágora faz parte) já são parceiros há várias décadas. A primeira ideia era que a equipe do Broadcast (plataforma de informações financeiras do Grupo Estado) fornecesse conteúdos aos terminais e plataformas da Ágora”, conta Francisco Mesquita Neto, diretor-presidente do Grupo Estado. “Depois, vimos uma oportunidade de incrementar a cobertura sobre finanças pessoais que já era feita no Estadão. E resolvemos oferecer algo diferenciado e inovador para nossas audiências e que, ao mesmo tempo, atendesse aos objetivos estratégicos da Ágora.”

O E-Investidor nasce com o selo da credibilidade jornalístico construída pelo Grupo Estado em 145 anos de história. A missão do E-Investidor é ser autoridade e referência para os leitores entenderem o momento atual, sem esquecer de mostrar aquilo que poderá mexer com o seu bolso nos próximos dias. Além da produção dos jornalistas do Estadão, um material complementar estará acessível: análises produzidas pela equipe da Ágora, a casa de investimentos que sempre foi referência de independência no mercado financeiro brasileiro e desde 2008 faz parte do Grupo Bradesco.

“As pessoas têm muita informação, mas não são bem informadas. Há um excesso de fontes e a proliferação de fake news. Esse é um dos motivos de estabelecermos a parceria com o Estadão. Conteúdo é fundamental para entender onde estamos e também para tomar a melhor decisão para a gestão do patrimônio”, afirma Leandro Miranda, diretor-executivo do Banco Bradesco (leia a entrevista ao lado). “A parceria é diferente das outras porque muitos dos nossos concorrentes têm comprado plataformas de conteúdo, o que prejudica a isenção. O modelo Estadão e Ágora Investimentos preserva a isenção de todas as formas possíveis.” 

O E-Investidor vai buscar uma linguagem simples e direta em todos os seus canais. A ideia é prestar serviço para todo tipo de investidor. Todo conteúdo jornalístico será de livre acesso para leitura, compartilhamento e interação. Será possível encontrar desde notas curtas com os fatos mais relevantes até reportagens mais longas e analíticas. O objetivo é sempre ajudar de investidores novos aos mais experientes a compreender as informações que impactam no bolso de cada um.

“Vamos dar ao leitor toda a informação que ele busca com toda a clareza que ele precisa”, afirma Paulo Pessoa, diretor-executivo comercial do Grupo Estado. “Há muita informação com profundidade técnica que o investidor comum não entende. Queremos tornar o assunto de fácil compreensão para um volume maior de pessoas.”

O conteúdo é multiplataforma, adequado à linguagem e ao público de cada canal. Estará no site, mas também será entregue em vídeos, podcasts e inserções na programação da rádio Eldorado FM, além de publicações em redes sociais. Haverá, ainda, um espaço fixo no Estadão impresso às segundas-feiras, dentro do caderno de Economia. “O E-Investidor estará presente em vários canais, pois públicos diferentes consomem informação de maneiras diferentes”, explica Pessoa.

A parceria também tem produtos específicos para equipe e clientes Ágora. Foi criado um canal exclusivo com uma curadoria especial que destacará conteúdos do Broadcast para o time da casa de investimentos e novos clientes que abrirem suas contas a partir do E-Investidor. 

Tudo o que sabemos sobre:
investimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.