Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Nova queda faz Bovespa ampliar perda no ano para 15%

A disseminação da análise de que omundo está num processo de desaceleração patrocinou mais umaenxurrada de ordens de venda contra ações de empresasdomésticas ligadas a matérias-primas, levando a Bolsa deValores de São Paulo a nova queda. O Ibovespa, que chegou a testar o menor nível do ano,recuperou-se parcialmente no fim, mas não o suficiente paraevitar uma queda de 1,62 por cento, que o conduziu aos 54.244pontos. O giro financeiro somou 4,58 bilhões de reais, turbinadopelos 903 milhões de reais da oferta pública de recompra dasações da Telemig Celular pela Vivo . Individualmente, as blue chips Petrobras e Vale foram asque mais pesaram no índice. A preferencial da petroleira caiu2,3 por cento, a 32,67 reais, na cola do barril de petróleo,que caiu mais de 1 por cento, para a casa dos 113 dólares. A preferencial da Vale, por sua vez, também não conseguiuresistir ao péssimo desempenho internacional das mineradoras eperdeu 2,2 por cento, a 35,70 reais. "Dados de economias desenvolvidas reforçaram a análise deque o mundo está desacelerando, o que provocou nova forte quedadas commodities", disse Pedro Galdi, analista da corretora SLW. O mesmo cenário pesou sobre os papéis das fabricantes deaço. Assim, nem mesmo os convincentes resultados trimestrais daCompanhia Siderúrgica Nacional livraram-na de ter um dos pioresdesempenhos do índice, caindo 3,76 por cento, a 52,15 reais. Destoando da tendência negativa, Banco do Brasil estrelouavançando 2,25 por cento, para 22,29 reais, um dia depois de amaior instituição financeira do país ter reportado lucrolíquido 54 por cento maior no segundo trimestre. Ultrapar, a melhor do índice, subiu 4,1 por cento, para59,40 reais, no segundo dia de fortes ganhos após o anúncio dacompra dos negócios de distribuição da Texaco no Brasil por1,16 bilhão de reais.

ALUÍSIO ALVES, REUTERS

15 de agosto de 2008 | 18h14

Tudo o que sabemos sobre:
BOVESPAFECHAFINAL

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.