Nova tabela muda regras indenizatórias

Publicada no Diário Oficial da União, na sexta-feira, a Circular nº 145 da Superintendência de Seguros Privados (Susep) traz novas regras para a contratação do seguro do automóvel. A principal novidade para o consumidor é a criação de uma tabela de referência que fixa o valor de indenização em caso de sinistro. Assim, no momento da contratação do seguro, clientes e seguradoras determinarão valores com base em uma tabela de preços, de domínio público. Além disso, o cliente poderá também fixar um fator, para cima ou para baixo, para a indenização com base em um percentual do preço da tabela. Por exemplo: se, por conta de equipamentos e opcionais, ele entender que o seu carro vale 10% mais do que o modelo padrão, o seu fator será 1,1. Em caso de sinistro, ele receberá 110% do preço da tabela. Para o vice-presidente de Ramos Elementares da Real Seguros, Maurício Accioly Neves, a circular referendou medidas que já vinham sendo adotadas pelo mercado, como a eliminação da franquia em caso de danos parciais por explosão, incêndio e queda de raio e perda total. As seguradoras têm 90 dias para adaptarem-se às novas normas. Até lá, poderão renovar e vender seguros com base nos planos atuais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.