Nova tele vai manter número de funcionários por 3 anos

A compra da Brasil Telecom pelo grupo Oi não vai resultar em redução no quadro de funcionários das duas empresas. A garantia foi dada hoje pelo presidente do grupo Oi, Luiz Eduardo Falco. Segundo ele, o próprio acordo de acionista determina que não haja nenhuma redução na folha de empregados nos próximos três anos. O executivo lembrou que não há como utilizar um funcionário que presta serviços, por exemplo no Nordeste, para trocar postes no Rio de Janeiro.Falco lembrou que apenas 6% de todas as atividades das duas empresas são convergentes e podem sofrer efeitos dessa compra. Além disso, a nova Oi nasce com intenção de crescer e se internacionalizar e, por isso, incentiva novas contratações, afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.