carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Nova Varig espera receber autorização jurídica nesta 5ª

A nova Varig espera receber nesta quinta-feira autorização jurídica para o seu funcionamento. A informação é do presidente do Conselho de Administração da VarigLog, Marco Antônio Audi, que prestou depoimento nesta quarta à CPI da Varig realizada na Assembléia Legislativa do estado do Rio de Janeiro (Alerj). Segundo o executivo, o assunto deverá ser debatido na quinta durante reunião de diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Com essa autorização, Audi conta que já será possível dar encaminhamento à compra de 14 aeronaves que já estariam estacionadas no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim/Galeão.Segundo ele, já foi firmado com diversos arrendadores de aviões compromisso de compra de 14 aviões modelo Boeing 737. Audi disse também que atualmente a frota da Varig conta com 15 aviões. Com mais os 14, a frota subiria para 29 jatos, o que permitiria a criação de quase 3,5 mil novos empregos. Em depoimento à CPI, o executivo reafirmou o compromisso da nova Varig de recontratar funcionários que foram demitidos durante a reestruturação da empresa, que eliminou cerca de 4.5 mil postos de trabalho. De acordo com Audi, a autorização para funcionamento jurídico que a nova Varig espera receber nesta quinta ainda não é a homologação definitiva para a empresa iniciar as operações. Segundo ele, a certificação como concessionária de transporte aéreo ainda está sendo analisada pela Anac. A diretoria da Anac também deve iniciar nesta quinta o processo de redistribuição de vôos nacionais da Varig. A CPI da Varig voltará a se reunir no dia 10 de outubro. O presidente da comissão, deputado Paulo Ramos (PDT), estuda a convocação do presidente da VarigLog, João Luiz Bernes, do gestor judicial da Varig antiga, Miguel Dau, e do ex-presidente da Varig e atual diretor de vendas internacionais da nova companhia, Marcelo Bottino.

Agencia Estado,

20 de setembro de 2006 | 15h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.