Árvore Filmes/Tenda
Árvore Filmes/Tenda

Novata estreia no ranking em 8º lugar

Especializada no programa Minha Casa Minha Vida, Garrah iniciou as operações em 2016

Cláudio Marques, Especial para O Estado

25 de junho de 2019 | 03h00

O aumento da participação dos empreendimentos enquadrados no programa Minha Casa Minha Vida levou imobiliárias a se especializarem nesse segmento. Entre elas estão a Vemplan e a novata Garrah. Fundada em 2013, somente em meados de 2016 a Garrah iniciou efetivamente suas operações. E já estreou no ranking do Top Imobiliário ocupando a oitava posição no ranking das Vendedoras.

“Somos a principal lançadora da MRV e a imobiliária que mais vende no Brasil para a construtora Tenda, que também possui uma equipe própria de vendas. Mas fomos a primeira imobiliária em São Paulo a começar a desenvolver esse trabalho de vendas por meio de imobiliária para ela”, afirma o dono da imobiliária Valdomiro Garrah. A empresa também participa dos lançamentos das construtoras Sugoi e Alfa. 

Garrah diz que seus dois principais players, Tenda e MRV, foram as incorporadoras que mais lançaram no ano passado. “E nós comercializamos mais de 1,2 mil unidades, fazendo em torno de R$ 200 milhões de VGV”, diz o empresário. Além disso, a imobiliária, que atua mais fortemente na faixa 2 do MCMV, informa ter participado do lançamento de mais de 6 mil unidades. Desse total, ao menos 2,.05 mil foram na Grande São Paulo: 950 em Guarulhos e 1,3 mil em Pirituba, na capital paulista.

Recentemente, Garrah se juntou, no Rio de Janeiro, a uma incorporadora criada pelo cofundador da Localiza Flávio Brandão Resende. “E nós tomamos conta de toda a área comercial dele.” Essa atividade se dá por intermédio da Young Inteligência Imobiliária, que também atua como correspondente bancário. 

“Essa atividade me permite entender muito de crédito, e para atender o segmento econômico e popular, é preciso entender de crédito, se não, você não vende”, afirma Garrah.

A expertise em crédito bancário também é ressaltada pelo fundador da Vemplan, Rogério Aguiar. “Essa compra requer um cuidado maior de análise de capacidade do cliente, a fim de que essa avaliação não fique restrita ao banco”, diz. 

Nesta edição do Top Imobiliário ela ficou em sétimo lugar. Embora a empresa tenha apenas seis anos de atuação, Aguiar, no entanto, já tem 30 anos de atuação no mercado. “Nos últimos sete ou oito anos, o mercado girou muito para esse segmento (MCMV). E nós fizemos uma aposta que deu certo, de nos especializarmos na venda de econômicos”, conta.

Isso significa, de acordo com ele, que os serviços da empresa vão além da venda no plantão. “Procuramos estar desde o começo do negócio, desde a identificação de terreno, identificação de produto, melhor estratégia de abordagem para atingir o público-alvo. A venda lá na ponta é consequência desse trabalho.” Para ele, trata-se de uma prestação de serviço para o incorporador, a fim de mostrar qual é o melhor produto para ele, quais são as tendências de mercado. 

De acordo com o fundador da Vemplan, a estratégia tem dado certo. Em 2018, participou do lançamento de oito empreendimentos que oferecem 1.702 unidades que somam 157.911 m² de área construída e têm VGV de R$ 412,27 milhões, diz o empresário. A concorrência com imobiliárias criadas por grandes incorporadoras para venderem seus próprios produtos não o assusta. “Fazendo uma analogia, a Vemplan acaba sendo a house do pequeno e médio incorporador, justamente porque procura estar ao lado do incorporador desde o início. Há toda uma estratégia de análise, de inteligência, envolvendo todo o negócio”, afirma Aguiar. 

Uma das in houses do mercado, a Seller ficou em 10º lugar neste edição do Top Imobiliário ao participar, em 2018, de cinco lançamentos com 813 unidades, 113,9 mil metros quadrados e VGV de R$ 734,6 milhões, segundo a Embraesp. A imobiliária faz parte do grupo Cyrela.

Segundo o diretor de Incorporação da Cyrela, Piero Sevilla, o grupo lança projetos de acordo com a demanda e interesse dos consumidores, desde localização, atrativos no produto, design, entre outros detalhes importantes. 

“A companhia estuda muito bem o seu consumidor, seu perfil, e o mercado. A partir disso, desenvolve produtos que atendam às necessidades atuais do cliente”, diz, a respeito do desempenho da Seller.

Tudo o que sabemos sobre:
mercado imobiliáriohabitação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.