Novo acordo com FMI, só se for em novas bases, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o Brasil não fará um acordo com o Fundo Monetário Internacional que prejudique o crescimento do País. Em entrevista coletiva em Maputo, capital de Moçambique, o presidente criticou o FMI, dizendo que os ajustes fiscais que o Fundo impôs aos países não deram certo. Reiterou que o Brasil não precisa de acordo com o FMI e que só o fará se for sobre novas bases.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.