Novo aplicativo troca mensagens 'offline'

FireChat, lançado nesta semana por uma startup americana, funciona como um Whatsapp, mas sem precisar de conexão

Murilo Roncolato, O Estado de S.Paulo

29 de março de 2014 | 02h09

Uma startup de San Francisco lançou nesta semana um aplicativo gratuito de mensagem para iOS que permite que usuários troquem mensagens entre si por meio de Bluetooth ou Wi-Fi, dispensando conexão direta à internet. Diferentemente de aplicativos convencionais do gênero, como Whatsapp ou Facebook Messenger, o FireChat identifica dispositivos no raio de até 30 metros e se utiliza de um recurso lançado pela Apple em seu iOS 7, chamado Multipeer Connectivity, para conectar usuários e trocar arquivos e diferentes tipos de conteúdos, seja uma mensagem ou o streaming de música.

O app foi desenvolvido pela Open Garden, empresa responsável pelo desenvolvimento de uma série de outros produtos digitais focados em facilitar o acesso de dispositivos a redes Wi-Fi. Seu diferencial é apostar em estruturas descentralizadas para conectar os aparelhos.

Um de seus apps, que leva o nome da empresa no título, cria uma rede paralela na qual vários dispositivos podem acessar a internet se utilizando da conexão de apenas um smartphone, tablet ou notebook. Neste caso, em vez de transformar o dispositivo transmissor de sinal em um roteador, como é mais comum, ele cria uma rede virtual privada entre os apps, preservando a privacidade das comunicações. Outra vantagem da plataforma é estar fora do alcance de ferramentas de bloqueios governamentais ou corporativas.

Trata-se da chamada rede mesh (malha). Os celulares envolvidos fazem parte desta malha e atuam como pontos de acesso e retransmissores de sinal. A Open Garden é uma das primeiras a usar o conceito (presente no iOS 7) e aplicá-lo em um aplicativo de mensagens na loja de apps da Apple.

Segundo seu criador, Micha Benoliel, o limite geográfico não deve ser um problema para seu uso massivo. "Enquanto houver um celular com FireChat atuando como um nó dessa malha, não há limites para esta rede", disse ao site GigaOm.

O diretor da empresa espera poder levar o FireChat também para outros sistemas operacionais móveis, como Android e Windows Phone; e para desktop, como Mac e Windows. "Esse caminho é muito interessante e cria possibilidades para games multiplayer (entre vários jogadores) e todo tipo de aplicativos de comunicação", diz.

A plataforma multipeer permite trocas de informações, arquivos (fotos, vídeos, texto, etc), além de executar e transmitir streaming, permitindo que um usuário compartilhe uma música que está escutando com diversos usuários próximos, sem usar dados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.