Novo atraso na entrega do A380

A Airbus anunciou ontem que as empresas aéreas que encomendaram seu superjumbo A380 vão enfrentar um atraso adicional de até três meses nas entregas a partir de 2009, por causa de problemas para aumentar a produção industrial do maior avião de passageiros do mundo. De acordo com o novo cronograma, divulgado pelo presidente da Airbus, Tom Enders, a empresa espera entregar 12 unidades do A380 este ano - um a menos do que o previsto inicialmente. Em 2009, devem ser entregues 21 dos 25 esperados anteriormente. Para 2010, a Airbus havia programado a entrega de 42 A380, mas reduziu sua meta para entre 30 e 40. A Airbus e sua controladora, a EADS, disseram que levarão mais tempo para determinar o impacto financeiro dos atrasos e o montante de custos adicionais. A companhia teve de pagar pesadas multas a empresas aéreas por causa dos atrasos nas entregas do A380, que já somam mais ou menos 18 meses. Além disso, o programa já ultrapassou o orçamento original de cerca de US$ 12 bilhões. Falando em uma teleconferência, Enders disse que os atrasos são uma infelicidade e que o programa A380 ainda é um desafio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.