finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Novo banco de fomento de São Paulo começa com R$ 1 bilhão

Nome da instituição será Nossa Caixa Desenvolvimento e começa a operar em abril, afirma governador

Carolina Ruhman, da Agência Estado,

24 de novembro de 2008 | 14h27

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), disse nesta segunda-feira, 24, que o banco de fomento do Estado vai se chamar Nossa Caixa Desenvolvimento e deve entrar em operação a partir de abril de 2009. O banco será criado com R$ 1 bilhão provenientes dos recursos obtidos com a venda da Nossa Caixa para o Banco do Brasil, anunciada na última quinta-feira. "É um banco de desenvolvimento. Não vai fazer captação de recursos, depósitos, nada. É um banco com 50 funcionários, só, que vai dar crédito para pequenas e médias empresas", explicou, durante vistoria de obra da Linha 4 do Metrô na Praça da República, região central da capital paulista. "Nós vamos usar a rede do Banco do Brasil, repassar recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), do Banco Mundial, o que tiver", acrescentou. De acordo com Serra, a iniciativa vai ajudar na geração de empregos no Estado. "Estamos planejando. Em abril, vai começar a funcionar, já tem lei, já foi aprovado." O governo do Estado vai receber R$ 5,4 bilhões pela venda da Nossa Caixa. Para a agência de fomento, serão destinados R$ 1 bilhão. O restante será utilizado, segundo Serra, em investimentos no Metrô, na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), em estradas, na rede hospitalar, na criação de escolas técnicas e de um centro de pesquisas em biocombustíveis.

Tudo o que sabemos sobre:
BancofomentoNossa Caixa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.