Novo dono da Transbrasil diz que vai ressarcir passageiros

O empresário Dílson Prado da Fonseca, novo controlador da Transbrasil, promete uma solução para os passageiros que têm bilhetes comprados e não puderam voar desde a paralisação da companhia, no dia 3 de dezembro. Segundo comunicado da companhia, o consumidor pode escolher entre receber duas passagens para cada trecho pago ou o ter a devolução integral do valor pago. A nova diretoria da Transbrasil pretende reiniciar as operações em fevereiro.Ela também quer regularizar os débitos trabalhistas e negociar dívidas com a Shell, Petrobras e Infraero. O empresário Dílson Prado da Fonseca também pretende manter os 1.200 funcionários na empresa. O Departamento de Aviação Civil (DAC) recebeu ontem à noite o plano de reestruturação da Transbrasil, que está sendo analisado.O documento foi entregue à diretoria do DAC pelo ex-presidente da Transbrasil, Antonio Celso Cipriani. O departamento informou que o prazo para a companhia voltar a voar foi mantido: 3 de fevereiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.